ATENÇÃO LEITORES DO BLOG


Não trabalhamos com venda de plantas e não enviamos sementes.

FEEDBACK - Agradecemos o recebimento de quem tem informações adicionais sobre as plantas postadas neste blog, especialmente se não concordarem com o que temos escrito ou se têm dicas culturais adicionais, pois isso certamente ajudaria a todos.

COMENTÁRIOS: Tentamos responder os comentários na medida do possível, infelizmente não estamos conseguindo atender a todos. Os comentários passam por moderação e não são publicados de imediato, não serão aceitos comerciais.

Para ver as postagens - É só clicar no link abaixo:

ÍNDICE GERAL DAS POSTAGENS DE PLANTAS ORNAMENTAIS

14 de mai de 2012

ANTÚRIO-SALVINI - ( Anthurium salvinii )

Clique para ampliar
Anthurium salvinii

NOME CIENTÍFICO: Anthurium salvinii.

NOME POPULAR: Antúrio-salvini, tabacon.

FAMÍLIA: Araceae.

CICLO DE VIDA: Perene.

ORIGEM: Colômbia e México.

PORTE: Atingem mais de 1 metro de altura.

FOLHAS: Longas, carnudas, de coloração verde-escura e brilhantes na página (face) superior.
 Clique para ampliar
Anthurium salvinii - Detalhe da folha
 Nota: Ao contrário de outros Anthurium, suas folhas brotam diretamente da base ao invés de hastes finas. 

 Clique para ampliar
Anthurium salvinii - Folhas nascem da base

LUMINOSIDADE: Meia-sombra, não tolera luz direta do sol nas horas mais quentes do dia.

ÁGUA: Precisa de solo sempre úmido, mas não encharcado, regar de forma moderada dia sim, dia não.

CLIMA: Prefere clima quente e úmido.

PODA: Não necessária, apenas com finalidade estética retirar folhas secas.

CULTIVO: Aprecia solo rico em matéria orgânica. Sugestão de mistura para vasos: 2 partes de composto orgânico, 1 parte de terra comum de jardim e 1 parte de terra vegetal.

FERTILIZAÇÃO: Por ocasião do plantio da muda, incorpore na terra retirada da cova, esterco de gado bem curtido ou composto orgânico. Pode ser fertilizado com NPK, fórmula 04-14-08.

UTILIZAÇÃO: Fica maravilhosa em jardins, em locais onde árvores e plantas maiores filtrem a luz solar. Também pode ser cultivada em ambientes internos, em locais com bastante claridade.

PROPAGAÇÃO: Divisão, estacas e cultura de tecidos.

FOTOS DESTA POSTAGEM: Fotografei no Jardim Botânico Plantarum em Nova Odessa / SP. Endereço do local na margem direita do Blog.

Nenhum comentário:

Postar um comentário