ATENÇÃO LEITORES DO BLOG


Não trabalhamos com venda de plantas e não enviamos sementes.

FEEDBACK - Agradecemos o recebimento de quem tem informações adicionais sobre as plantas postadas neste blog, especialmente se não concordarem com o que temos escrito ou se têm dicas culturais adicionais, pois isso certamente ajudaria a todos.

COMENTÁRIOS: Tentamos responder os comentários na medida do possível, infelizmente não estamos conseguindo atender a todos. Os comentários passam por moderação e não são publicados de imediato, não serão aceitos comerciais.

Para ver as postagens - É só clicar no link abaixo:

ÍNDICE GERAL DAS POSTAGENS DE PLANTAS ORNAMENTAIS

29 de mar de 2015

AZINHEIRA, AZINHA - ( Quercus ilex )

AZINHEIRA, AZINHA - ( Quercus ilex )


NOME CIENTÍFICO: Quercus ilex.


NOME POPULAR: Azinheira, alzina, encina, Evergreen Oak.



FAMÍLIA: Fagaceae.



CICLO DE VIDA: Perene.



ORIGEM: Região Mediterrânica da Europa e Norte da África.



PORTE: Geralmente de 15 a 20 metros de altura, mas podem atingir tamanhos maiores.



FOLHAS: De coloração verde escura e brilhante na página (face) superior e com indumento esbranquiçado na página inferior. 

AZINHEIRA, AZINHA - ( Quercus ilex ) ´Detalhe da folha face superior
AZINHEIRA, AZINHA - ( Quercus ilex ) - Detalhe da folha face inferior

FLORES: As flores masculinas em amentos (caracterizada pelo agrupamento de flores, numa longa estrutura estreita e cilíndrica, em forma de "cauda de gato") e as femininas em panículas (se caracteriza por um cacho - racimo).
AZINHEIRA, AZINHA - ( Quercus ilex ) - Detalhe das flores masculinas

FRUTOS: É uma bolota de forma oval, revestido parcialmente por escamas.



TRONCO: Tem casca de coloração acinzentada ou parda, a madeira é dura e resistente.



LUMINOSIDADE: Sol pleno ou meia-sombra.



ÁGUA: Depois de adulta suporta solo mais seco, devendo ser regada somente no caso de estiagem bastante prolongada.


CLIMA: Mediterrâneo – clima temperado com estação seca no verão. Não suporta frio intenso.



PODA: Não é necessária, apenas poda de formação, com retirada de brotações laterais e ramos secos e mal formados.



CULTIVO: Não é muito exigente em relação ao tipo de solo, mas se desenvolve melhor nos férteis e que tenham boa drenagem.



FERTILIZAÇÃO: Por ocasião do plantio da muda, misturar bem na terra retirada da cova, esterco animal sempre muito bem curtido ou composto orgânico, após 1 ano aplicar ao redor do caule, nunca junto a ele NPK 10-10-10, incorporar levemente ao solo e regar em seguida.



UTILIZAÇÃO: Além de ser uma árvore que produz bastante sombra, fica maravilhosa em grandes espaços, seus frutos são utilizados principalmente como complemento de alimentação para o gado em épocas que o pasto fica menos produtivo.


PROPAGAÇÃO: Por sementes que perdem rapidamente a capacidade de germinar e também por enxertia.



PLANTA MEDICINAL: Os seus frutos tem propriedades medicinais.



FOTOS DESTA POSTAGEM: Fotografei no Jardim Botânico de Barcelona na Espanha.

AZINHEIRA, AZINHA - ( Quercus ilex )

2 comentários:

  1. Olá amigo gostaria de saber onde você conseguiu mudas de quercus ilex pois estou atrás desta espécie a muito tempo. E se poderia me ceder clones da mesma. Ou contatos para consegui la.
    Aguardo ansioso. richaruharu@gmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ricardo, Bom Dia.
      Não tenho mudas, veja na postagem que fotografei no Jatdim Botânico de Barcelona.
      Um abração!

      Excluir