Atenção leitores

ESTAMOS TRABALHANDO PARA MELHORAR O BLOG - Algumas janelas ainda não estão prontas - Desculpe o transtorno,
Não trabalhamos com venda de plantas e não enviamos sementes.

FEEDBACK - Agradecemos o recebimento de quem tem informações adicionais sobre as plantas postadas neste blog, especialmente se não concordarem com o que temos escrito ou se têm dicas culturais adicionais, pois isso certamente ajudaria a todos.

COMENTÁRIOS - Tentamos responder os comentários na medida do possível, infelizmente não estamos conseguindo atender a todos. Os comentários passam por moderação e não são publicados de imediato, não serão aceitos comerciais.

Como cuidar da pata-de-elefante, molina - (Beaucarnea recurvata)

15:17 0 Comments A+ a-



ÁGUA DE REGA OU CHUVA:

A quantidade vai depender do tipo de solo ou substrato, se tem boa drenagem ou não, água acumulada apodrece as raízes e caule e a planta morre.

Dito isso, em plantas jovens, nos meses mais quentes do ano, quando ela tem crescimento mais significativo, pode até ser regada até diariamente, mas sempre deixando toda água escoar, nos meses mais frios quando a planta para de crescer a rega deve ser espaçada para três dias.

Veja que são regras básicas, conforme o clima e local onde está cultivada faça adaptações nesta rotina.


PARA TER A PLANTA BAIXA E CAULE GROSSO:

Deve receber menos água e cultivada a sol pleno.

Nota: Plantas jovens devem ser adaptadas nessas condições, utilizando sombrite e ir de forma gradual expondo a luz solar


PARA TER A PLANTA ALTA e CAULE MAIS FINO:

Deve ser cultivada a meia-sombra, recebendo mais água e com luz vindo de cima.

Nota: Plantas com até 1,50 metros de altura tem crescimento mais rápido nesse processo.

COMO PLANTAR NO SOLO:

- Abra uma cova com cerca de mais de duas vezes o tamanho do torrão, tanto na largura como na altura;
- Coloque uma boa camada de brita no fundo;
- Sobre a brita coloque uma manta geotêxtil (a conhecida Bidim);
- Coloque o substrato de forma que o caule da planta fique acima do nível do solo.

MISTURA PARA PREPARAÇÃO DO SUBSTRATO:

       1 parte de areia grossa de construção;
       1 parte de terra comum de jardim; 
       1 parte de composto orgânico.
      


FERTILIZAÇÃO:

Com o passar do tempo a planta poderá perder o vigor, suas folhas começam a amarelar e a diminuir em quantidade.
Compre o NPK 10-10-10 líquido.
Nos meses de crescimento da planta aplique junto com a água de rega, mas de forma bem diluída, ou seja 10% do recomendado pelo fabricante (se estiver escrito use 10 gotas use 1). 



PARA CONHECER A PLANTA

Clique no link abaixo: